quinta-feira, 11 de março de 2010

Homem é assassinado dentro do carro em Salgadália




José Carlos Santos Oliveira, 33 anos, foi morto com quatro tiros, por volta de 21h desta quarta-feira (10), na Praça da Igreja, no distrito de Salgadália. Ele havia chegado de São Paulo ao meio-dia e depois de visitar os familiares mais próximos na companhia dos irmãos Paulo e Edvaldo Santos Oliveira, 48 anos, resolveu parar em um bar e tomar uma cerveja, quando dois homens encapuzados desceram de um veiculo, segundo populares, Fiat Uno, placa de São Paulo e disparou os tiros à queima-roupa.

Segundo Paulo Santos, um dos irmãos mais velho, eles passaram à tarde na Fazenda Lagoa Cavada, onde moram os sogros de Zé Carlos, conhecidos por "Dona Goga" e "seu Rafael" e resolveram tomar uma cerveja, "só deu tempo tomar uma, pois o toca cd enganchou e ele veio trocar".

"Eu vim com ele e sentei no banco do carona e ele ficou inclinado no banco do motorista resolvendo o problema do cd. Foi quando chegaram estes dois homens encapuzados e começaram atirar. Só deu tempo eu abrir a porta e me deitar no chão", contou.

Zé Carlos era natural de Salgadália, mas estava morando em São Paulo onde trabalhava como motorista.

De acordo com populares que foram a Praça vê a cena do crime, ele tinha chegado da capital paulista pela manhã em Salgadália no Golf p/p CYE- 4859 licença de Carapicuíba, São Paulo.

José Carlos estava na Praça da Matriz ainda com as malas no carro, com o som ligado foi surpreendido pelos homicidas. Segundo moradores da comunidade que estavam no local, à noite estava quente e era grande o número de pessoas na praça, mesmo assim eles fizeram a execução.

Informações davam conta também que o veículo tinha aspecto de "carro velho", fumaçava muito e desenvolvia pouca velocidade no momento da fuga.

Testemunhas confirmaram que realmente estavam encapuzados e eram três, sendo que um ficou no volante do veículo, os outros desceram e atiraram em Zé Carlos, depois seguiram para o carro e fugiram. Há também informações que este carro foi visto rodando nas ruas do distrito desde cedo.

Zé Carlos teria chegado ao distrito acompanhado por dois amigos do bairro onde morava em São Paulo, pegaria seu pai para continuar a viagem até Pernambuco, onde residem os parentes dos amigos.

Uma guarnição da Policia Militar esteve no local e encontrou a área isolada pelos agentes e policiais lotados no PPM. Com a chegada da equipe da policia civil, foi feito a pericia no local, o corpo foi retirado do interior do carro, colocado ao chão, enquanto aguardava a chegada do rabecão para transportar até o IML de Feira de Santana, onde será necropciado e retornará a Salgadália para ser sepultado.

Por: Valdemí de Assis e Raiane Lopes / fotos Raimundo Mascarenhas

3 comentários:

  1. fiquei muito sentida pois perdi um amigo
    ele era super legal que pena q se foi
    q deus te ponha em um ótimo lugar amigo!
    vai com deus quem fez isso pagará pelo parto!
    estamos em luto!
    ass:seus amigos selma e branco!

    ResponderExcluir
  2. tou muito triste por isso mais fique com deus q deus esta com vc

    ass:ariadna

    ResponderExcluir
  3. QUE DEUS PAI TENHA MISERICORDIA DESTA ALMA E QUE COLOQUE ELE NO REINO DA GLORIA

    ResponderExcluir