segunda-feira, 4 de outubro de 2010

CHACINA EM NOVA VIÇOSA PODE ESTAR LIGADA AO TRÁFICO DE DROGAS

Seis homens foram assassinados com tiros de escopeta calibre 12 nesta sexta-feira, 1°, em Nova Viçosa, no extremo sul da Bahia. Quatro das seis vítimas pertenciam à mesma família. Os autores do crime ainda são desconhecidos, porém, segundo o delegado local, Samuel Neto, o crime estaria ligado ao tráfico de drogas.
Na ação, morreram os irmãos Ivo Ferreira Santos, 37, Gilvan Ferreira Santos, 40, e José Vital Ferreira Santos, 51; o sobrinho deles, Antonio Hélio Ferreira Santana, e mais dois homens que estavam na casa, José André Gomes, que é de Alagoas, e Willian Bonifácio dos Santos.
Segundo o delegado Samuel Martins Neto, os outros dois mortos eram procurados por furtos na região. A polícia acredita que o local da chacina era ponto de venda e uso de droga, pois foram encontrados cachimbos, utilizados no uso do crack, espalhados pelo chão. “Pelo que investigamos, os autores dos crimes invadiram a casa pelos fundos e saíram atirando em todo mundo”, contou Neto.

O crime aconteceu no distrito de Argolo, a 106 km de Nova Viçosa, já na divisa da Bahia com Minas Gerais. A área é de cultivo de cana para produção de álcool e atrai pessoas de vários estados do Nordeste para o trabalho do corte.
Segundo o delegado Samuel Martins Neto, os outros dois mortos eram procurados por furtos na região. A polícia acredita que o local da chacina era ponto de venda e uso de droga, pois foram encontrados cachimbos, utilizados no uso do crack, espalhados pelo chão.
Ninguém foi preso até o momento.





Nenhum comentário:

Postar um comentário